intro.gif (2169 bytes)

Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso

 

or_bar.gif (1182 bytes)

 

A BATALHA DE UHUD

 

l_brown.gif (101 bytes)

 

Ohud.JPG (50394 bytes)

                               Uhud, a colina pr�xima � cidade de Medina, onde foi travada a Batalha de Uhud.

 

A derrota de Badr foi uma mancha na honra dos habitantes de Meca, da qual se envergonhavam profundamente. Assim, no ano seguinte, eles atacaram Medina com uma for�a maior, em torno de 3.000 homens. Os mu�ulmanos contavam com apenas 700 homens. O Profeta, percebendo a gravidade do momento, deu instru��es rigorosas a seus seguidores. Elaborou um plano de ataque e defesa, ordenando que eles se mantivessem em suas posi��es e n�o arredassem p� sen�o sob ordens expressas. Mas, os mu�ulmanos inexperientes, no calor da batalha, esqueceram-se dessas instru��es. Come�aram a lutar sem qualquer planejamento e depois de acharem que tinham derrotado o inimigo se puseram em campo aberto, sem se certificarem de que o inimigo tinha sido realmente derrotado. O resultado foi que a retaguarda inimiga, chefiada pelo brilhante comandante Khalid inb al-Walid, surpreendeu-os e eles se espalharam. O pr�prio Profeta foi ferido e caiu. Um grito ecoou "O Profeta est� morto". Isso arrefeceu mais ainda o �nimo dos mu�ulmanos e muitos deles fugiram. A batalha de Uhud terminou com uma derrota e com os mu�ulmanos de Medina envergonhados perante seu Profeta. Mas, Mohammad n�o era um homem comum; ele reuniu seus homens, fez uma palestra, repreendeu-os por causa de sua loucura, exortou-os a obedecerem �s suas ordens no futuro, e os guiou para enfrentar o inimigo mais uma vez.   O Profeta chegou com seus companheiros �s primeiras horas da manh� seguinte. Armou seu acampamento de forma que pudesse ser visto por eles e lhes ordenou que fizessem um grande inc�ndio. A id�ia era mostrar ao inimigo que os mu�ulmanos n�o tinham perdido a coragem. Quando o dia amanheceu, o inimigo viu os mu�ulmanos na retaguarda, sem medo, fazendo suas tarefas matinais, e ficaram muito impressonados. Assim, o Profeta transformou a derrota em vit�ria.

 

 

FONTE:

"A Short History of Islam", por S.F.Mahmud, Oxford University

 

back1.gif (279 bytes)


home.gif (396 bytes)


Hosted by www.Geocities.ws

1