voltar Enviar mensagem para Luiz Meira
Mergulhar... no Mapa do Site :)
CD Equilíbrio Alimentar
Adiante
Olá! | Sementes | Clínica Doméstica | Iridologia | Alergia | Transgênicos
 
Glicerina
 
    Sou obrigado a abordar este tema, após pestanejar por mais de um ano... pois seu impacto é tremendo... Ahhhrrr!

    Com a glicerina ou glicerol, a contaminação subliminar foi potencializada de forma comensurável!!! pois 98% da glicerina comercializada por uma grande produtora (Razzo) não separa suínos de seus insumos (ossos).
    Felizmente, esta mesma empresa "Razzo" fornece Glicerina Kascher para aqueles que se atém aos aspectos imunológicos e ideológicos.
    Faço uma compilação de arquivos disponíveis na web, preservando a fonte no próprio texto, onde exponho a glicerina e sua abrangência.

    Para aqueles que estejam em processos alérgicos ou auto-imunes de difícil manejo, seria necessário considerar a possibilidade de excluir suínos com o rigor da glicerina.

    Isto é uma preparação para um texto mais fluido, enquanto coleto sugestões deixo o que vou separando...

Ah! ... desde abril de 2006, a maioria dos chocolates brasileiros passaram a possuir glicerol. Acompanhando a mesma tendência, muitos outros produtos alimentícios tradicionais incorporaram glicerol em sua composição, como por exemplo o Leite de Coco. Os produtos de limpeza e higiene também incorporaram a glicerina...
 

Que D'us nos proteja!
 
Amor
 
 
 
• NOMENCLATURA INCI: Glycerin 
• Nº CAS: 56-81-5 
• NOME QUÍMICO: 1,2,3-Propanotriol 
• NOME COMUM: Glicerol 
• PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: A glicerina é normalmente obtida como sub-produto dos 
processos de fabricação de óleos e sabões, e é utilizada em muitas aplicações industriais. Particularmente nas indústrias 
cosmética, farmacêutica e de domissanitários tem extensa aplicação como agente umectante, emoliente e lubrificante. É 
utilizada como veículo em muitos produtos cosméticos, farmacêuticos e de limpeza. 
• PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS: 
    Aspecto: Líquido xaroposo, higroscópico e incolor 
    Ponto de Ebulição (1 atm): 290ºC 
    Densidade (g/ml): 1,2610 
    Teor de água: 0,50% máx. 
    Índice de refração (20ºC): 1,4723 mín. 
    pH (sol. 10%): 6,5 – 7,5 
• OBSERVAÇÕES: Cuidado! Risco de explosão em contato com agentes oxidantes fortes, tais como: tiróxido de cromo, 
cloreto de potássio e permanganato de potássio. 
 
Retirado de "http://pt.wikipedia.org/wiki/Glicerina"
 
Amor
 
Glicerina Vegetal Kosher

A Razzo é a primeira empresa do Brasil a produzir glicerina bi-destilada vegetal (produzida exclusivamente com óleos vegetais) com certificação Kosher, o que garante sua procedência.

 
A RAZZO vem se consolidando como um dos maiores fabricantes de Glicerina do País. A excelente qualidade da Glicerina RAZZO vem permitindo atender as mais rígidas especificações de qualidade dos setores farmacêuticos, cosmético, alimentício, resina entre outros. 

A RAZZO investe constantemente em novas tecnologias para aprimorar seus produtos e atender as exigências dos nossos clientes, melhorando a cada dia nossa qualidade e respeitando o consumidor. 

A Glicerina da Razzo deriva de óleos e gorduras naturais e é obtida através do processo de saponificação. 

A Razzo comercializa duas linhas de glicerinas: 
 

  • Glicerina Bi-destilada - 99.5% USP / FCC 
  • Glicerina Bi-destilada Vegetal Kosher - 99.5% USP / FCC 
Curiosidades

A Glicerina foi descoberta em 1779 por um químico Sueco, chamado Karl Wilhelm Scheele. O nome Glicerina vem da adaptação da palavra grega "GLUKÚS" que significa doce. 

Sua fórmula química é: CH2 OH-CHOH-CH2OH 

Devido a sua composição não tóxica, solúvel em água, viscosa, incolor, sem odor e com um gosto doce a Glicerina pode ser utilizada em diversas aplicações. 
 

Especificações da Glicerina RAZZO 
 

ANÁLISES MÉTODO ESPECIFICAÇÃO
Aspecto LA-GL-009  Liq. Incolor Viscoso
Odor  LA-GL-010  Adocicado
Cor Apha  LA-GL-011  Máx. 10,00 APHA
Densidade 20/20ºC (g/ml) LA-GL-008  Min. 1,26234
Teor de Glicerol (%) LA-GL-006  Min. 99,50
Ésteres (% Na2O)  LA-GL-012  Máx. 0,030
Cloretos (ppm)  LA-GL-002  Máx. 10,00
pH ( Sol. 10% 25ºC )  LA-GL-001 6,5 - 7,5
Ferro (ppm)  LA-GL-013  Máx. 0,05
 
Forma de comercialização: a granel ou tambores de 250 kg
Data de validade da Glicerina 24 meses
Razzo Ltda.©
tel.: (11) 2164-1313 
e-mail: atendimento@razzo.com.br
 
Amor

Glicerina do Biodiesel

Perspectivas

Os excedentes de glicerina derivada do biodiesel poderão levar a grandes reduções no preço, eliminando parte da produção de glicerina de outras fontes, hoje de 0,8 a 1,0 M t/ ano. Com as reduções substanciais de preço, deverão também entrar no mercado de outros polióis, em particular o sorbitol. Na Europa, o aumento de biodiesel, para atingir apenas alguns pontos porcentuais do diesel, cobriria grande parte da demanda atual por glicerol.

Buscam-se novas aplicações de grandes volumes para glicerina no mundo, e isto provavelmente se dará nos intermediários para plásticos, como o propanodiol - PDO, contudo não são soluções de curto prazo.

O cuidado a ser tomado, juntamente com o desenvolvimento de outros usos, é não usar nos estudos de custos os créditos para glicerina com base nos valores de mercado de hoje.

Mercado - Glicerol

O Glicerol é produzido por via química ou fermentativa. Tem uma centena de usos, principalmente na indústria química. Os processos de produção são de baixa complexidade tecnológica.

A produção por síntese microbiana predominou até que a síntese química, de subproduto do propileno, avançou em 1950. Agora, com o declínio na produção de polipropileno, as fermentações voltaram a ocupar espaço no mercado. O mercado de volumes e preços oscilou muito na última década.

Entre 1995-2003, os preços oscilaram entre US$ 1.08/ lb e US$ 0.60/ lb, com tendência, nos últimos anos74, para US$ 1.00/ lb.

As aplicações principais hoje são:
Síntese de resinas, ésteres 18%
Aplicações farmacêuticas 7%
Uso em cosméticos 40%
Uso alimentício 24%
Outros 11%

A demanda cresce mais nos mercados de uso pessoal e higiene dental, e alimentos, onde o produto tem maior pureza e valor. Corresponde a 64% do total. Em alimentos, a demanda de glicerina e derivados cresce em 4% ao ano.

Depois de fortes oscilações na década de 90, desde 2000 o mercado para glicerina volta a crescer. Uma grande fonte agora na Europa e nos Estados Unidos é a glicerina proveniente do biodiesel.

Drogas

O glicerol é atualmente um dos ingredientes mais utilizados na indústria farmacêutica na composição de cápsulas, supositórios, anestésicos, xaropes e emolientes para cremes e pomadas, antibióticos e anti-sépticos.

Cosméticos

Por ser não-tóxico, não-irritante, sem cheiro e sabor, o glicerol tem sido aplicado como emoliente e umectante em pastas de dente, cremes de pele, loções pós-barba, desodorantes, batons e maquiagens.

Tabaco

O glicerol tem sido empregado no processamento de tabaco a fim de tornar as fibras do fumo mais resistentes e evitar quebras. É empregado na composição dos filtros de cigarros e como veículo de aromas.

Têxteis

Amaciar e aumentar a flexibilidade das fibras têxteis.

Outros

Pode ainda ser empregado como lubrificante de máquinas processadoras de alimentos, fabricação de tintas e resinas, fabricação de dinamite etc.

Alimentos e bebidas

O glicerol pode ser usado como umectante e para conservar bebidas e alimentos tais como refrigerantes, balas, bolos, pastas de queijo e carne, ração animal seca. Todas estas aplicações utilizam hoje principalmente sorbitol. É possível que o glicerol venha a tomar parte dos mercados de sorbitol, se os preços caírem nos próximos anos em função de superprodução, com o biodiesel.

Aplicação exclusiva do glicerol: por ser um componente estrutural de lipídeos tem sido utilizado em preparações de molho para salada, coberturas de doces e sobremesas geladas.

Outro mercado muito importante, e exclusivo, que provavelmente vai se desenvolver com a maior oferta de glicerol, é a aplicação deste para a síntese de moléculas de alto valor agregado. Entre estas está o PDO (propanodiol), a partir de fermentação do glicerol, para uso em plásticos. Matéria-Prima do futuro para fermentações de: 1,3 propanodiol e dihidroxiacetona.

Se o glicerol tiver um grande crescimento de oferta com redução de preços em função da produção de biodiesel, e grande parte do mercado de sorbitol for substituído por glicerol nas aplicações de drogas, cosméticos e outros, teríamos uma nova demanda de glicerol estimada em 300 mil t por ano.

Muitas aplicações de sorbitol em alimentos poderão ser substituídas pelo glicerol. Do ponto de vista tecnológico, existem poucas aplicações para as quais a glicerina não entraria no mercado de sorbitol.

A produção de glicerol foi de 800 mil t/ano em 2000; a produção advinda de biodiesel (Europa e EUA) em 2000 já era de 10% do total; em 2002, estimava-se em 200 mil t/ ano.

Amor
 
Enviar mensagem para Luiz Meira
top
CD Equilíbrio Alimentar
voltar
Mergulhar... no Mapa do Site :)
Adiante
Olá! | Sementes | Clínica Doméstica | Iridologia | Alergia | Transgênicos
 
passeio
passando
 
Hosted by www.Geocities.ws
GridHoster Web Hosting
1