PRAGMATISMO
 

O Dicionário Aurélio, nos ensina que, pragmatismo é doutrina segundo a qual as idéias são instrumentos de ação, que só valem se produzem efeitos práticos. O Dicionário Escolar da Língua Portuguesa, organizado por Francisco da Silveira Bueno (1955), define pragmatismo como doutrina filosófica que se baseia na verdade do valor prático e ainda nos afirma que pragmática é o conjunto de regras ou fórmulas para as cerimônias da corte ou da igreja. Mesma definição nos oferece o Aurélio moderno. O Dicionário Brasileiro de Francisco Fernandes (1953) registra que pragmatismo é um sistema que opondo-se ao intelectualismo, considera o valor prático como critério da verdade. Pragmática é o conjunto de regras e fórmulas que regulam as cerimônias oficiais, etiqueta, praxe.

O que podemos constatar é que a pragmática dos rituais é mantida com rigor por todas as religiões, seitas, filosofias, crenças, etc... O pragmatismo, que seria um comportamento prático das pessoas, atendendo às recomendações dos mestres, não é observado com tanta atenção.

A humanidade conserva com detalhes a pragmática de uma cerimônia de qualquer espécie. Existe coesão na conduta de todos os participantes de um ritual religioso ou não. Infelizmente, na conduta de cada um na vida cotidiana, não vemos pragmatismo, ou seja, não há conexão entre o que os mestres dizem e o que as pessoas fazem. Seguidores confessos de um ramo da sabedoria, da filosofia, da fé ou do misticismo, os discípulos não atuam conforme o que lhes é ensinado.

Poderíamos dar uma definição mais ampla, menos doutrinária ou filosófica, para pragmatismo: PERFEITA SINCRONIA ENTRE O QUE PENSAMOS E O QUE FAZEMOS, SINTONIA ENTRE O QUE FALAMOS E O QUE PENSAMOS. Para que façamos o que agora estou dizendo, não é preciso fundar doutrinas filosóficas nem recorrer às antigas; não é necessário criar sistemas como nos retrataram os dicionários citados. Basta que cada um faça o que de melhor lhe ensina o seu mestre, seja ele quem for, desde que fundamentado na Luz, na Paz e no Amor.

  Pesquisado e extraído do
Jornal NOVO TEMPO
Por NOSDE-RA membro do Grupo Esotérico Epistolar
Araruama - RJ

Anterior Próximo

Hosted by www.Geocities.ws
GridHoster Web Hosting
1