Site Línguas Indígenas Brasileiras, de Renato Nicolai  nicolai@indios.info; indiansbrazil@gmail.com > -- Projeto Indios.Info < www.indios.info >

Dicionário/dictionary; gramática/grammar; índio/indian

 

Vocabulário "Cachuianã"

Ahanatcatpurê		- carne
Ahcanê			- grande
Ahcántke		- pequeno
Amôrô			- teu
Antuhmamutpurú		- sombra
Arihá			- beiju de mandioca
Ahsakô			- dois
Ahsakô ahsakô tuinerô(*)- cinco
Ahsakô tuinerô		- três
Ahsaruánê		- meio-dia
Amechá			- pulseira de fibra
Áulê			- meu
Cachurú			- o rio Cachorro
Cahoô			- o rio grande (Trombetas)
Cahôo			- céu
Caiarí			- guerra
Caiarí			- soldado
Caiarri			- machado
Cahútchú		- macaco-de-cheiro
Caimhó			- carrapato
Camiarú			- nosso
Canauá			- canoa
Caraiuá			- branco (homem)
Castihará		- terçado (facão)
Cauaí			- pedra de amolar
Cauó			- comprido
Chaltará		- galinha
Chicarauhê		- muitos, uma porção
Cohcoó			- noite
Comú			- bacaba
Conohôo			- chuva
Cótomóthuê		- meia-noite
Ctamo			- gaivota
Cuiarí			- arara
Cunumiemon		- fita larga de casca de pau-gaivota
Curêtú			- jacaré
Curichamná		- o rio Mapuera
Curará hipurê		- instrumento constituído de casco de aparema (pequena tartaruga), do qual se obtém um som cavo quando se lhe bate com a palma da mão
Cutma			- peixe
Echêrnô			- verde
Ehé			- toma
Ehtaahcó		- matar
Ei			- sim
Encó			- beber
Enunohcanê		- parteira (mulher que auxilia a outra no parto)
Enusnánê		- criança
Emutmatô		- lua-cheia
Eretcuí			- fumaça
Euarhó			- anta
Euarunú			- sombra
Genéhcó			- trazer
Hiutchí			- companheira, esposa
Horimurú		- igarapé
Hustierê		- mandioca
Iahchinê		- namoro, amor, amizade
Iahóri			- braço
Iamóskiru		- unha
Iamúru			- testículo
Iántone			- anzol
Iantorohú 		- caniço de pesca
Iatcurú			- chorar
Iaúmo			- pênis
Igirá			- não há, não existe
Ihê			- tem, há, existe
Ihphéze			- temporal
Ihsúsú			- sol
Ihtóocó			- vai, anda
Ihuonô			- corpo
Ihutpurú		- cabeça
Imantchinenê		- moça, rapariga
Imnó			- lua
Imóne			- vagina
Indiá			- não
Inimô			- porção, muitos (o mesmo que chicarauhê)
Ióhcúnu			- nádega
Ióhiro			- sobrancelha
Ióhtchi			- barba
Iotchíru		- perna
Iohunarú		- nariz
Iomriáranu		- dedos
Ioniaru			- mão
Ionurú			- olho
Ióri			- dente
Ióri soró		- dentes
Ióspiro			- lábios
Irauá			- planta parecida com a coroa do abacaxi, de cujas folhas os índios desfiam uma linha muito resistente
Istiê			- quero
Iuhére			- qualquer fruta do mato (nome coletivo)
Iuohtchií		- cabelos
Iurcarú			- macaco cairara
Iurohiemã		- o mau espírito
Jahchaicané		- relâmpago
Lhenumsó		- caçar
Luê			- flauta de bambu taboca, que às vezes é composta de três ou quatro tubos de tamanho crescente, fortemente amarrados uns aos outros com cipó.
Mahcaiuarú		- borracha (látex)
Mahtií			- enfeites coloridos usados pelos chefes nos cabelos
Mahtoko			- jamaru (cabaça para guardar água)
Mahuá			- cumprimento de chegada (bom-dia ou boa-noite)
Mamá			- mãe
Mamí			- tanga de homem
Mantó			- onde?
Mantonaí		- onde está?
Mariá			- faca
Maurú			- linha
Menênhó			- tanga de mulher
Mercahcutchi		- macaco quatipuru
Mohcóró			- dele
Muhcári			- costas
Muhcáua			- arma de fogo
Muhtarií		- boca
Múre			- menino
Muréhóitú		- rapaz
Namoriámu		- deles
Nenútcô			- beber
Nurú			- língua
Oahcuô			- a festa da puberdade
Oáre			- cachorro
Octchê			- bonito
Octchenê		- bom
Ohcó			- vir, vem
Ohcócanu		- forte
Ohcóoco			- dor
Ohsaha			- panacu (cesto para carregar mantimentos, usado pelos caboclos da Amazônia)
Ohtariri		- Curupira, o gênio da mata
Ohtóimo			- macaco coatá
Ohturí			- macaco guariba
Oi			- interjeição de aprovação
Oióomo			- piolho
Omíto			- comida
Omóru			- tu, você
Orému			- feitiço
Paiá			- caiçuma (bebida inebriante conseguida com o aipim fermentado)
Papá			- pai
Panamaricá		- japá (esteira de palha de pinaiuquira com que se cobrem as montarias contra a chuva)
Panaripó		- alma, espírito
Panatirê		- brinco de penas
Pánaru			- orelha
Parantê			- cana-de-açúcar
Paiucê			- mutum (ave negra, da família dos galináceos, gênero Crax)
Pauíchi			- a cidade de Oriximiná
Pêhtu			- coxa
Poáname			- passeio, passear
Pohtaá cootchí		- bigode
Pohúro			- pé
Pumarú			- pescoço
Pürá			- Deus
Puracumã		- arco
Purauê			- flecha
Purêhnó			- estrangeiro, índio de outra tribo
Purú			- bracelete
Sihó ueiú		- pintura da fronte do índio: dois traços paralelos em cor preta (com tinta do suco de jenipapo) envolvendo um traço vermelho (com tinta do suco de urucu). Insígnia de chefe caxuianã.
Tacnáno			- assobio, assobiar
Tahnê			- febre
Tahoô			- pedra
Tahpiremã		- vermelho
Tamtariri		- fumo
Tamú			- cigarro
Taúnu			- cachoeira, queda-d'água
Tchaiuá			- cacau
Tcharinemá		- preto
Tchiricó		- estrela
Tehtukemã		- amarelo
Teréncanê		- trovão
Tóhó			- coração
Tóhtó			- homem
Tonê			- cumprimento de despedida
Tonó			- chefe, cacique, dono
Tuhtumo			- cuia
Tuinerô			- um
Tumatho			- remo
Tumuhnê			- branco
Tuná			- água
Tunáctuhô		- nível do rio, superfície
Tutcó			- castanha-do-pará
Uahcurú			- vinho, suco, extrato
Uahoô			- açaí
Uananô			- dança, dançar
Uarizê			- menina
Uatúá			- jacaretinga
Uehíhi			- ubá
Uehotó			- fogo, fogueira
Uehsórtarú		- ânus
Uehtóhurú		- barriga
Uenêhu			- fita de fibra de envira com que a índia caxuianã amarra o filho às costas
Uerekê			- cipó grosso ou graveto que os índios caxuianãs esfregam para obter fogo
Uhum			- já
Uí			- cobra sucuriju
Uiacohá			- colar de miçangas
Uichá			- macaco coxiú
Ulmaimó			- pato
Uohtó			- caça
Uórokêma		- espírito mau
Urúra			- cipó
Ustianê			- cumprimento de despedida
Vênúzo			- beber, bebo
Xamá-xamá		- cocar de penas, diadema, insígnia de chefe de tribo
Xuruahú			- o rio Cachorrinho

(*) Os cachuianãs só sabem contar até cinco. Para isso, pronunciam duas vezes a palavra Ahsakô (dois) e juntam-lhe a palavra tuinerô (um). Depois de cinco, qualquer quantidade é designada pelo termo Chicarauhê (muitos, uma porção).

Fonte: VINHAES, Ernesto. Aventuras de um repórter na Amazônia. Porto Alegre: Livr. do Globo, 1941. p. 197-202.

voltar para menu

 

 

1